Rg9.org - A casa do representante comercial.






O que é marketing?

Market + ing = O mercado em movimento.

De acordo com Theodore Levitt, marketing pode ser definido como: "...O processo de conquistar e manter clientes". Ou como disse Kotler: "Marketing é o conjunto de atividades humanas que tem por objetivo facilitar e consumar relações de troca". A empresa que segue as diretrizes do marketing, produz o que o cliente quer e não tenta vender o que produz.

Se entendermos toda e qualquer ação e estudo que visa estrategicamente facilitar e promover as relações de troca como marketing, estaremos diante do fato que esta é uma das profissões mais antigas da humanidade. Por outro lado, podemos entender que foi somente com o crescimento da concorrência e da necessidade de vender cada vez mais, que o homem se viu obrigado e impelido a desenvolver sistemas e técnicas eficazes para otimizar seus resultados. Teríamos então a partir do estudo e implementação da mercadologia a gênese do marketing, movida pela necessidade crescente de vender diante de uma concorrência cada vez mais acirrada.

Até a segunda Guerra Mundial, vivíamos a era da produção. Bons produtos vendiam por si mesmos, investimento e foco eram na produção. Com o fim da segunda Guerra Mundial se inicia o acirramento da concorrência, não bastava produzir bons produtos, eles não mais vendiam por si mesmos. Havia a necessidade de sobreviver à concorrência. Têm início os primeiros estudos sobre mercadologia. Estávamos na era das vendas, o negócio era vender o que se produzia em oposição a produzir aquilo que poderia ser vendido, ou seja aquilo que o mercado realmente queria.

Em 1960, Theodore Levitt, mais tarde intitulado o pai do marketing, professor da Harvard Business School. Em seu artigo intitulado "Miopia de Marketing", revelou uma série de erros de percepções e mostrou a importância da satisfação dos clientes, transformando para sempre o mundo dos negócios. Estávamos entrando na era do marketing. Fatores como: O que o cliente quer e a satisfação do cliente, começaram a contar pontos em detrimento a querer vender a todo custo o que se produzia.

A partir dos anos 90, tivemos importantes avanços tecnológicos, com forte impacto no mundo do marketing. É o início do comércio eletrônico, dos bancos de dados de marketing e cartões de relacionamento. Tem início à era do marketing de relacionamento (CRM - Customer Relationship Management). Os clientes passam a exigir um atendimento totalmente customizado, através dos bancos de dados, dos cartões de relacionamento e dos produtos customizados. Os clientes passam a ter um atendimento individual e sob medida com seus anseios, necessidades e potencialidades com relação ao mercado em questão. O foco agora é fidelizar o relacionamento de longo prazo mutuamente satisfatório, através da customização no atendimento.

Atualmente a satisfação do consumidor e a opinião pública, passaram a ser um importante fator a ser considerado pelas empresas. A simpatia da opinião pública e consumidores esta diretamente ligada à participação das organizações em causas sociais, e a responsabilidade social transformou-se numa vantagem competitiva e uma “capa protetora” para momentos de crise que possam vir a existir. A mídia espontânea, conseguida por esforços de relações públicas começam a tomar o espaço da propaganda tradicional. Mesmo porque existe mais credibilidade em outro falar bem de você, do que você mesmo elogiar-se. O consumidor está cada vez mais atento e crítico com relação à comunicação que recebe. O marketing boca-a-boca, buzzmarketing, o marketing viral e de guerrilha e o marketing social começam a tomar espaço.

 

 

A teoria dos 4 P’s. As variáveis controláveis de mercado.

Os quatro P’ s de marketing são: Produto, Preço, Promoção e Praça. Todo e qualquer produto, serviço ou negócio pode ser analisado sob esta luz. Como definiu Jerome McCarthy: O marketing mix, ou composto mercadológico, é o conjunto de instrumentos através dos quais se obtém melhor ajustamento entre a oferta de uma organização no mercado e a demanda existente, onde todos os elementos do composto foram criados e estabelecidos para atender as necessidades, desejos, expectativas e potencialidades do consumidor.

As variáveis são a única parte controlável de um negócio. Juntamente com fatores incontroláveis como meio ambiente, legislação etc. Devem ser constantemente monitorados e são partes essenciais de qualquer planejamento de marketing.

 

 

O que é marketing, e o que não é marketing.

Muitas pessoas pensam que marketing é sinônimo de propaganda. Não é bem assim, a propaganda ou melhor a “comunicação integrada de marketing – CIM” é uma ferramenta do marketing. Quando fazemos planejamento de marketing de determinado produto ou negócio, a comunicação entra em cena justamente na hora em que analisamos e planejamos o “P” de promoção. O ideal do marketing é criar produtos que vendam, por si mesmos, gerando demanda e boca a boca espontaneamente, justamente por atenderem as necessidades e desejos latentes do mercado. Reduzindo assim a necessidade de gastos excessivos com comunicação.

Marketing também não é sinônimo nem necessariamente parte da administração. As diretrizes administrativas de uma empresa podem e deveriam ser diretrizes de marketing. Isto é: Uma administração estratégica voltada para o cliente e as demandas de mercado. Marketing também não é sinônimo de vendas ou vendedor. Mesmo porque o ideal de um planejamento de marketing é criar um produto que venda por si mesmo. Reduzindo assim a necessidade de gastos excessivos com uma grande equipe de vendas.

O mercado é dinâmico e nem sempre encontramos situações que permitem a criação de situações ideais. Neste sentido, o profissional de marketing deve estar preparado para otimizar resultados com a utilização, dependendo da necessidade intensiva, de ferramentas de comunicação e da equipe de vendas diretas. E muitas vezes esta otimização de resultados deve ser alcançada, mesmo que as diretrizes administrativas gerenciais não sejam diretrizes de marketing.

 

 

Algumas definições de Marketing:

* Marketing é a entrega de satisfação para o cliente em forma de benefício (KOTLER e ARMSTRONG, 1999).

* Marketing são as atividades sistemáticas de uma organização humana voltadas à busca e realização de trocas para com o seu meio ambiente, visando benefícios específicos (RICHERS, 1986).

* Marketing é uma função organizacional e um conjunto de processos que envolvem a criação, a comunicação e a entrega de valor para os clientes, bem como a administração do relacionamento com eles, de modo que beneficie a organização e seu público interessado. (AMA - American Marketing Association - Nova definição de 2005).

* Marketing é um processo social por meio do qual pessoas e grupos de pessoas obtêm aquilo de que necessitam e o que desejam com a criação, oferta e livre negociação de produtos e serviços de valor com outros (KOTLER e KELLER, 2006).

* Marketing é o conjunto de operações que envolvem a vida do produto, desde a planificação de sua produção até o momento em que é adquirido pelo consumidor (Dicionário Michaelis).

* Marketing é o conjunto de estratégias e ações que provêem o desenvolvimento, o lançamento e a sustentação de um produto ou serviço no mercado consumidor (Dicionário Novo Aurélio).

 

Espaço livre, comentários:

Enviar Comentário.


Nome: ROBERTO NICOLAU
E-mail: nicolauodi@yahoo.com.br

Fico grato pelas importantes informações, pois sou publicitário, trabalho com propaganda e não sabia de certos detalhes. Obrigado.

 


Nome: Lucas Zordan
E-mail: lucasbougeard.rodobens@gmail.com

Bem, eu acabei de me tornar GERENTE DE VENDAS E COMERCIAL de um grupo empresarial, e a equipe de vendas vai com certeza aproveitar ao máximo estas informações super importantes dadas por cada um de vocês. Grato

 


Nome: Maurício
E-mail: mauricio.be@hotmail.com

Excelente conteúdo! Parabéns!

 


Nome: Jonas
E-mail: jonas-muller18@hotmail.com

Ótimo conteúdo. Obrigado pelas informações,

 


Nome: yeda lopes de carvalho
E-mail: yedalopes@yahoo.com.br

Grata, foi muito esclarecedor.

 

Enviar Comentário.

Ver todos os comentários.

 

Registre seu domínio:

www.

Hospedagem profissional de sites a partir de R$= 3,90 mensais*. Com Cpanel, instalador de scripts etc...

Revenda de hospedagem de sites a partir de R$= 19,90 mensais. Obs: Tem que possuir o mínimo de conhecimento sobre o assunto.

Hospedagem e desenvolvimento de sites.